Energia importada como % utilização total de energia, 2015 - Classificações de países:

O médio por 2015 foi 21.86 percentagem.O valor mais alto foi em Luxemburgo: 96.31 percentagem e o valor mais baixo foi em Noruega: -581.35 percentagem. Abaixo há um gráfico para todos os países onde existem dados disponíveis.

Calcular: percentagem; Fonte: O Banco Mundial
Escolher indicador
* indicates monthly or quarterly data series


Countries Energia importada, 2015 Global rank Available data
Luxemburgo 96.31 1 1960 - 2015
Japão 93.02 2 1960 - 2015
Irlanda 85.67 3 1960 - 2015
Coreia do Sul 81.45 4 1971 - 2015
Bélgica 80.09 5 1960 - 2015
Portugal 76.86 6 1960 - 2015
Itália 76.42 7 1960 - 2015
Turquia 75.21 8 1960 - 2015
Espanha 71.43 9 1960 - 2015
Chile 65.24 10 1971 - 2015
Israel 64.97 11 1971 - 2015
Grécia 64.18 12 1960 - 2015
Áustria 63.54 13 1960 - 2015
Alemanha 61.4 14 1960 - 2015
Eslováquia 60.65 15 1971 - 2015
Área do euro 59.84 16 1960 - 2015
Hungria 57.67 17 1965 - 2015
Suíça 50.09 18 1960 - 2015
Eslovénia 48.54 19 1990 - 2015
Finlândia 45.33 20 1960 - 2015
França 44.11 21 1960 - 2015
Países Baixos 35.02 22 1960 - 2015
Reino Unido 34.63 23 1960 - 2015
República Checa 31.62 24 1971 - 2015
Polónia 28.55 25 1960 - 2015
Suécia 24.65 26 1960 - 2015
Nova Zelândia 19.48 27 1960 - 2015
Islândia 11.56 28 1960 - 2015
Estados Unidos 7.31 29 1960 - 2015
Dinamarca 1.77 30 1960 - 2015
Estónia -2.71 31 1990 - 2015
México -4.67 32 1971 - 2015
Canadá -72.53 33 1960 - 2015
Austrália -190.19 34 1960 - 2015
Noruega -581.35 35 1960 - 2015


Definição: Net energy imports are estimated as energy use less production, both measured in oil equivalents. A negative value indicates that the country is a net exporter. Energy use refers to use of primary energy before transformation to other end-use fuels, which is equal to indigenous production plus imports and stock changes, minus exports and fuels supplied to ships and aircraft engaged in international transport.
This site uses cookies.
Learn more here


OK